quinta-feira, 28 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 291 - Ano III)

Fonte : dominidomus.com.br

Matalotagem

Foi o que trouxe do mato
quando vim me cidadanizar:
um quiçé cego, do cabo quebrado
e três juras de morte mal matadas;
uma broxa de sapé, saco de tabatinga rosa
e três paredes por repintar.
Meio litro de água benta
três assombrações exorcizadas;
um naco de picumã
nas três feridas saradas.
Um alqueire de mandioca puba
quarta e meia de farinha torrada;
meia dúzia de ovos goros
de três galinhas ninhadas.
Um quinau de azeite bento
das três perebas curadas;
uma binga Vospic sem fluido
e três bitucas apagadas.
O coração, pelo meio, e a alma
De saudades encharcada.


Publicado na antologia on line VIVER COM MAIS POESIA - EDIÇÃO 2016 - da Câmara Brasileira de Jovens Escritores (CBJE) em 28/7/16, link para a postagem:

http://www.camarabrasileira.com.br/apol140-013.html

Poemas Publicados - 2016 (Número 290 - Ano III)


 Fonte: blogmail.com


Gaiolas

Ouço ecoar minha tristeza
na preciosidade repetitiva
e triste voz do sabiá.
Meu luto se reflete
nas pretas vestes de gala
do acrobático tiziu.
E a suindara agourenta
estrala de vingança minha gargalhada
louca como eu, noite adentro.
Se bem me lembro é sempre assim
que sou e fui, hibrido de ave e vegetal
coração de pássaro com raiz.
E, uma vez que numa noite
de junho gelado caí feito papa-arroz
no alçapão da vida
em cada queda, tentei voar.

Poema publicado na antologia on line VIVER COM MAIS POESIA - EDIÇÃO 2016 - da Câmara Brasileira de Jovens Escritores (CBJE) em 28/7/16. Link para a postagem:

http://www.camarabrasileira.com.br/vmp16-017.html


quarta-feira, 27 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 (Número 289 - Ano III)

Ganhadores da Medalha Monteiro Lobato:

A Medalha Monteiro Lobato será entregue junto ao Prêmio Lusófono por Excelência no dia 22 de Agosto na Casa das Beiras - Tijuca - Rio de Janeiro:


Alfredo de Sousa Pereira
Antônio Navarro de Andrade
Benedita Silva de Azevedo
Blenda Elizabeth Bortolini
Douglas Moraes
Francisco Evandro
Francisco Ferreira
Hosilka Brilhante
João Canda
Kedma O'liver
Lilian Lopes Fernandes
Marco Miranda
Marinalva Freire da Silva
Mayra Diniz
Neumara Coelho
Neyd Montingelli
Osmarosman Aedo
Regina Maria do Carmo Neto
Sergio Borsói Junior
Vanice Zimerman Ferreira.
Verônica Vincenza
Sandra Fayad
Suely de Carvalho Saba 
ZELIA MARIA FERNANDES DA SILVA

Cópia da página do blog da EDITORA MÁGICO DE OZ organizadora do prémio, conforme link abaixo:

http://magicodeozpt.blogspot.com.br/2015/08/ganhadores-da-medalha-monteiro-lobato_20.html

terça-feira, 26 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 288 - Ano III)


Foto do autor.



Bailado de folhas
Vem do sul a brisa fria
Outono chegando!



Primavera vem.
Multicolorindo os campos
Borboletas mil.



Harmonia de cores.
Espalhando a primavera
Borboletas voam.



Borboletas mil
Multiplicando jardins
São flores aladas.



Sabiás na mata
Vem prenunciando a chuva.
É o verão que chega.

Haicais  publicados no site Kaki Net na Seção Caqui , a seguir o link para a publicação
http://www.kakinet.com/graffiti/



Trajetória Literária - 2016 (Número 287 - Ano III)



Foto do autor.

Duplo Parabéns!!! (Sem assunto)

E DAI BLOG

Hoje 11:30


Prezado Francisco, 

Dois de seus textos foram os mais acessados da semana... Parabéns!!! Seja sempre bem-vindo com mais e mais textos.

Obrigado
EQUIPE E DAÍ?



Cópia de e-mail da equipe do E Daí? Blog, recebido hoje às 11h30'.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 (Número 286 - Ano III)


Antologia, Medalha e Diploma do PRÊMIO LITERÁRIO SHAKESPEARE da REAL ACADEMIA DE LETRAS de Porto Alegre (RS) - recebidos hoje.

Poemas Classificados - 2016 (Número 285 - Ano III)

Foto do autor.

Prezado Poeta

Sua poesia "Matalotagem" está selecionada para publicação na Coletânea ELDORADO volume XXIX, já em editoração.
Segue, anexo, o pdf da diagramação de suas páginas na Coletânea.

Solicitamos sua revisão e aprovação do pdf.

Aguardamos seu contato.

Gratos
Saudações Literárias
Cláudia Fernandes

Cópia de e-mail da Editora Celeiro de Escritores de Dourados (MS), recebido em 25/7/16, as 11h08'

Trajetória Literária - 2016 (Número 284 - Ano III)




Sonia Martelo

Hoje 12:04
Você


OLÁ FRANCISCO 
QUERO LHE COMUNICAR QUE JÁ PROVIDENCIEI O SEU DIPLOMA DE MEMBRO CORRESPONDENTE DA APLA, NO QUE A GRÁFICA APRONTE VOU ENVIAR A VC. GOSTARIA DE SABER SE JÁ RECEBEU OS LIVROS QUE ENVIEI. ÀS VEZES DEMORA UM POUCO, OUTRAS NÃO.
AGORA O CONVITE : GOSTARIA MUITO DE QUE VC REPRESENTASSE A SUA REGIÃO E PARTICIPASSE DA NONA EDIÇÃO DE RAMALHETES PRINCESINOS, CUJAS INSCRIÇÕES ESTÃO ABERTAS. TRATA-SE DE UMA PUBLICAÇÃO QUE FAZEMOS COM A PARTICIPAÇÃO DE MEMBROS EFETIVOS E CORRESPONDENTES DA APLA E QUE VAI PARA TODO O BRASIL, MUITO BONITA MESMO. VC ENTRARIA COMO CONVIDADO ESPECIAL, ASSIM COMO S DEMAIS MEMBROS CORRESPONDENTES. SERÁ UMA HONRA PARA NÓS TER VC CONOSCO. POR OBSÉQUIO, AGUARDO SUA RESPOSTA PARA ENTÃO LHE FORNECER MAIRES DETALHES. A APLA CONTA COM VOCÊ.
BOM DIA
ATT
SÔNIA

Cópia de e-mail SÔNIA MARIA DITZEL MARTELO presidente da ACADEMIA PONTA-GROSSENSE DE LETRAS ARTES - Ponta Grossa (PR) em 25/7/16 - 12h04'

domingo, 24 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 283 - Ano III)



Poema ET PARDAL HOMINUN publicado no E Daí? Blog em 23/7/16. Link para a postagem:

edai7.blogspot.com.br/2016/07/et-pardal-hominum.html

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 (Número 282 - Ano III)

Foto: Tamirys Morais


Fwd: SELECIONADO - III CONCURSO/ANTOLOGIA "JUSTIÇA E IGUALDADE SOCIAL" (Sem assunto)
Editora Celeiro


Hoje 12:02
Você

POESIAS SELECIONADAS: Desalento, Bocejos Oficiais, Cosmopolita

Prezado Poeta

Informamos que sua poesia, acima citada, atende às regras do edital para participar do III Concurso Literário e Antologia "JUSTIÇA E IGUALDADE SOCIAL" - Organização: Marise Andreatta.

Todos os textos selecionados serão publicadas na Antologia "Justiça e Igualdade Social" que será editada pelo Celeiro de Escritores.
Para confirmar sua participação no Concurso e na Antologia, você deve adquirir o exemplar da obra, conforme as regras do concurso

Cópia de e-mail recebido em 22/7/16, as 12h02' da Editora Celeiro (Dourados - MS), dando-me conta da classificação dos poemas BOCEJOS OFICIAIS, COSMOPOLITA e DESALENTO para comporem a antologia do III CONCURSO LITERÁRIO E ANTOLOGIA "JUSTIÇA E IGUALDADE SOCIAL.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 ( Número 281 - Ano III)



E DAI BLOG

Hoje 09:44
Você
Prezado Francisco, 

Um duplo parabéns a você! Dois de seus textos estão entre os mais acessados da semana! Parabéns!!! Seja sempre bem-vindo com mais e mais textos...

Obrigado
EQUIPE E DAÍ?


edai7.blogspot.com.br

Cópia de e-mail recebido em 20/7/16, 9h44'.

domingo, 17 de julho de 2016

Poemas Classificados - 2016 (Número 280 - Ano III)


Classificado para a ANTOLOGIA VIVER COM MAIS POESIA - EDIÇÃO 2016-  da CÃMARA BRASILEIRA DE JOVENS ESCRITORES (CBJE) - Rio de Janeiro (RJ) - em 17/7/16. Poema: GAIOLAS.

Poemas Classificados - 2016 (Número 279 - Ano III)


 Classificado para a ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS - 140 -  da CÃMARA BRASILEIRA DE JOVENS ESCRITORES (CBJE) - Rio de Janeiro (RJ) - em 17/7/16. Poema: MATALOTAGEM.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 278 - Ano III)



Poema ACASALAMENTO - publicado no E Daí? Blog em 15/7/16. Link para a publicação:

http://edai7.blogspot.com.br/2016/07/acasalamento.html
 

terça-feira, 12 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 (Número 277 - Ano III)





Parabéns!!! (Sem assunto)

E DAI BLOG


Hoje 09:40
Você
Prezado Francisco,

Parabéns!!! Seu texto foi o mais clicado do Blog. Seja sempre bem-vindo com mais e mais textos!!! Confira a lista dos mais clicados em nossa página no Facebook.

Obrigado 


EQUIPE E DAÍ?


edai7.blogspot.com.br

Cópia de e-mail recebido hoje 11/7/16, as 9h40'.

sábado, 9 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 276 - Ano III)


Foto: Salão de Pedras - Conceição do Mato Dentro
Fonte: fsmorais.blogspot.com

Suicida

Tocar a mão do vento
e na reverência ao abismo
contemplar a sólida superfície do nada.

Rebrilhar nos olhos fechados
a insondável solidão
do gozar a dor de cada dia.

Flutuar o interior da pedra
navegando o magma essencial.
na rota da erraticidade, abandonar-se.

Empalar o coração em tributo
à liberdade total e absoluta
de dizer sim à vida que sobeja
em dor.

Poema publicado em A.Poética - 8 - em 9/8/15. Link para a postagem:

periodicoapoetica.wordpress.com/2015/08/09/a-poetica-8

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 (Número 275 - Ano III)



Poema DESALENTO - publicado no E Daí? Blog em 7/7/16. Link para a postagem:

http://edai7.blogspot.com.br/2016/07/desalento.html?spref=fb


quarta-feira, 6 de julho de 2016

Trajetória Literária - 2016 (Número 274 - Ano III)



Foto do autor.


A.Poética é um periódico português mensal de poesia online dedicado à divulgação de conteúdos poéticos e respectivos autores. Publica mensalmente um conjunto de textos selecionados pela Comissão de Leitura criada especialmente para o efeito. Os trabalhos publicados serão selecionados a partir das submissões efetuadas pelos autores que pretendam ver o seu trabalho publicado nele. Para mais detalhes acerca das submissões, visite a página “Submissões”.
No dia 9 de agosto de 2015, na edição de número 8, tive os seguintes poemas publicados: ARMISTÍCIO, CHUVISCOS, ESTAÇÃO DAS PODAS, SECA  e SUICIDA, além de uma pequena biografia. Abaixo o link para esta publicação nas terras de Camões, Pessoa e Saramago:


https://periodicoapoetica.wordpress.com/2015/08/09/a-poetica-8/

Poemas Publicados - 2016 (Número 273 - Ano III)


Foto do autor.

Luciferianas

Tuas asas foi que perdi e o amor
quando de adeuses, te fizeste estação
do longe, longe, longes!

Tão doído desaprender a voar
em tuas mãos vazias
de mim e de sonhos.

Num passo bêbado
caí degraus, rolei no ar.

Poema publicado no blog OVERMUNDO em 21/12/15 . Link para a publicação:
http://www.overmundo.com.br/banco/luciferianas-1




domingo, 3 de julho de 2016

Poemas Publicados - 2016 - (Número 272 - Ano III)


Foto do autor.

A Fragilidade do Azul

Todo carinho ainda é pouco
para coração assim
tão frágil.

Sim, cuidado! Pois meu coração
é frágil como um faquir
ou professor de física
tísico e desgrenhado.

Fragilíssimo!
Como a moça de porcelana e celulites
que, às quintas, cospe fogo
em circos de quinta.

Frágil como uma réstia de luz
no derradeiro instante
de um crepúsculo azul.

Poema publicado no MUNDO DAS POESIAS em 8/2/15.
Link para a postagem:
http://mundodaspoesias.com/afragilidadedoazul